segunda-feira, 16 de novembro de 2009

OS NEFILINS - ORIGEM DA IDOLATRIA E DA PERVERSÃO MORAL

Os Nefilins e o Homossexualismo

A origem do homossexualismo e da perversão moral à luz da revelação bíblica

No fundo, no fundo, muitos homossexuais vivem questionando ou tentando defender suas práticas, distorcendo o texto bíblico, o que denota indiretamente, uma "consciência espiritual” que suas almas possuem sobre a condenação desta prática à luz da Palavra de Deus. O problema principal do homossexualismo, é que, embora suas consciências os acusem, não querem o arrependimento desta prática tão contrária à natureza humana.Será por que os homossexuais vivem tentando provar que isto é natural ou genético?RESPOSTA: Porque suas consciências vivem os acusando dia e noite, pois vivem na prática de algo contrário aos padrões e criação de Deus. Deus criou Adão e Eva, jamais Adão e João, de onde então vêm as práticas homossexuais e todas as perversões do sexo?

OS NEFILINS - A QUESTÃO DOS GIGANTES

Em Gênesis há o seguinte registro, conforme capítulo 6:

2 Viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram. ...

4 Havia naqueles dias gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus entraram às filhas dos homens e delas geraram filhos; estes eram os valentes que houve na antiguidade, os homens de fama.

Quem eram “os filhos de Deus”? A Bíblia responde que era uma “classe de anjos” que não estavam presos às leis da física (VIGILANTES) e portanto tinham o poder de materializar e de vir aqui na terra “como homens”, conforme Hebreus 13:

02 “Não vos esqueçais da hospitalidade, porque por ela alguns, não o sabendo, hospedaram anjos.”

Alguns destes anjos foram seduzidos pelo diabo e seus anjos caídos a olharem para as “filhas dos homens”, em uma destas “missões especiais” aqui na terra. Tais anjos eram chamados de “varões” (homens portentosos), o que a posterior, tornou-se uma designação comum para referir-se aos homens.

O que aconteceu com estes anjos que pecaram com a raça humana?
RESPOSTA: Foram presos após o dilúvio, acorrentados no abismo, para serem julgados no juízo final, pela Igreja (os que vencerem o sistema maligno deste mundo). II Pedro 2:04 a 06 / Judas vers.6

Ou seja, os anjos (VIGILANTES – uma classe de anjos que tinham o poder de materializar e que vinham aqui na terra em forma humana) abandonaram sua “habitação” (posição espiritual original) na época de Noé e coabitaram com as filhas dos homens, gerando assim “os gigantes – nefilins”. Após o dilúvio, os habitantes de Sodoma e Gomorra quiseram também (agora partindo dos homens) coabitar com “Os Vigilantes” que foram à casa de Ló, conforme versículo acima.

Porque a igreja que irá julgar estes anjos?
R.: Porque o pecado deles está relacionado com a raça humana (1 Coríntios 6:03).

A Paulo então, “é revelado” que estes anjos (não os da rebelião de Lúcifer, que já estão julgados e expostos ao vitupério pela morte de Jesus na cruz), serão julgados pela igreja do Senhor.

NOTA: Após o dilúvio, os pais (VIGILANTES CAÍDOS) dos nefilins não morreram, pois eram criaturas espirituais ainda que em corpos materiais, e com certeza continuaram com seus poderes espirituais, e este poder deve ter sido usado por eles, ficando assim, durante o dilúvio, suspensos na atmosfera terrestre e observando a proliferação da humanidade novamente sobre a terra. Deus não os destruiu após o pecado que cometeram, pelo mesmo principio de não ter destruído a Lúcifer e seus anjos (cujo pecado tem a ver com o céu), se Deus os destruísse poderia ser isto usado como “combustível de acusação” do diabo e seus anjos contra Deus. Os vigilantes caídos não pereceram no dilúvio, mas também não retornaram ao céu devido ao pecado que cometeram, eles então, permaneceram entre a terra e o céu, e talvez foi isto que levou os homens a querer edificar uma torre cujo topo alcançasse tais seres como centro da adoração (idolatria) na terra. Deus então, destrói a intenção dos homens, impedindo a construção da torre de babel. Os “ex-vigilantes”, após a torre de babel ser destruída, descem daquele lugar e coabitam com as filhas dos homens novamente (não arrependeram de suas práticas), gerando uma nova classe de gigantes sobre a terra, aí então, Deus os aprisionou em prisões eternas, para não mais contaminarem a terra com abominações, reservando-os para o grande dia do juízo, conforme o registro bíblico.

O que aconteceu com os “vigilantes”, pais dos nefilins nós já sabemos, voltando então aos nefilins que morreram no dilúvio, o que aconteceu com os mesmos, ou o que se tornaram após a morte?

>> Para o paraíso eles não poderiam ir, pois o paraíso (ou seio de Abraão) era lugar de repouso dos justos e tementes a Deus, até a ressurreição de seus corpos.

>> Para o Sheol ou Hades (inferno), eles não poderiam ir, pois é o lugar dos espíritos dos homens ímpios, rebeldes e blasfemadores, que rejeitaram a Deus e seu amor desde a queda humana.

O que aconteceu então com este híbrido abominável? Se tornaram “espíritos imundos” (fruto de uma relação impura e antinatural) passaram a vagar pela terra, precisando de corpos para se manifestar, e tornaram-se “escravos do diabo”. Estes espíritos são os que introduziram a depravação sexual no mundo, eles são estimuladores do “sexo antinatural” e contrário à natureza humana, entram na vida de muitos desde tenra idade, e isto, devido à idolatria e impiedade humana (Rom. 1: 21...). A Bíblia chama de “filhos imundos” os filhos de judeus com mulheres de outras nações. Assim, os nefilins se tornaram “espíritos imundos”.


Tais espíritos imundos concentraram suas atuações em Sodoma e Gomorra, pervertendo aquele povo ímpio e rebelde, levando os mesmos à perversão moral e sexual. Deus então envia dois “varões” daqueles que não seguiram os demais na cobiça por mulheres humanas, para tirar a Ló e sua família dali. Pela intercessão e orações de Abraão, Deus manda aqueles “varões” tirar Ló de Sodoma, para não perecer juntamente com os imorais, impudicos e depravados. Sua esposa e filhas são retiradas dali, por causa de Ló (pois a promessa de Deus é salvar a família como um todo). Tudo indica portanto, que a prática da IDOLATRIA foi introduzida na humanidade exatamente nos dias destes “gigantes”, pois foram ensinados pelos seus pais (OS VIGILANTES CAÍDOS) a praticarem a magia e assim, eram venerados como semideuses ou mesmo, como a deuses (Registros arqueológicos da antiga Mesopotâmia comprovam isto). É por isso que Paulo afirma, que a origem do homossexualismo e ou lesbianismo, bem como das práticas antinaturais e depravadas, possuem a mesma origem da idolatria >> LEIA ROMANOS 1: 21 A 32...

Vemos então em Sodoma e Gomorra, que os “espíritos imundos” possuíam (incorporavam) e influenciavam aquele povo, levando-os a depravação moral entre homens e homens e mulheres com mulheres, bem como toda sorte de depravação moral. A depravação era tão grande, que eles rejeitavam até mesmo “mulheres virgens”, desejando antes aqueles VARÕES (Vigilantes Santos) que desceram para livrar a Ló e sua família: Gênesis 19: 5 a 9

Cheios de toda sorte de depravação e impudicícia, aqueles homens imorais e depravados, rejeitam então as mulheres, querendo ter relações HOMOSSEXUAIS, queriam permanecer naquela prática antinatural e abominável (Gen. 19: 05 a 15 / Judas 6).


Nota: Infelizmente a mulher e filhas de Ló já estavam contaminadas pela malícia daquela cidade. A mulher de Ló demonstra isto, ao olhar para trás. As filhas, ficaram possuídas logo depois que “os cavalos” (linguagem espírita) foram mortos na destruição, aí, por já estarem maculadas em suas consciências pelas práticas imorais que vivenciavam, embriagam o pai e “ambas” cometem o incesto.

Fica mais fácil então entender Judas versículo 6:

E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande dia; 7 Assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se entregue à fornicação como aqueles, e ido após outra carne... (carne dos Vigilantes - Anjos Varões Santos materializados).

Daí, deriva-se a palavra SODOMIA, conforme alguns dicionários da língua portuguesa: SODOMIA: S.f. Coito anal; pederastia.

O resultado é que, após o dilúvio, os espíritos desencarnados dos “nefilins (espíritos imundos, pois foram gerados de forma imunda e antinatural), passaram a necessitar de corpos para revelar sua sexualidade impudica e antinatural, incorporando assim em homens que vivem na idolatria e impiedade, levando-os a sentimentos depravados. Tais espíritos imundos é que promoveram e introduziram as práticas homossexuais e pervertidas no mundo, e tornaram-se escravos do diabo e dos anjos caídos, sendo usados por eles, para levar os homens à perversão moral.

>> É por isso que Deus, na promulgação da Lei, condena estas práticas pervertidas e antinaturais, chamando as mesmas de ABOMINAÇÃO.

Nota: Estes espíritos atualmente se manifestam com nomes como “pomba-gira”; “zé pilintra”; “renatinho”; etc... No chamado “alto-espiritismo”, ficam imitando homens que já morreram ou dizendo ser seres iluminados. O interessante é que: ambas as manifestações são com vozes estranhas e afeminadas...

Detalhe: Para os que vivem perguntando sobre os ossos daqueles seres “gigantes”, eles estão guardados como provas e serão usadas no dia do juízo diante de “seus pais” que estão presos, aguardando julgamento daquele grande dia.

Esta é a origem das perversões morais e práticas antinaturais entre homens x homens; mulheres x mulheres, homens x mulheres e demais práticas pedófilas, bestiais, antinaturais e diabólicas. Tais espíritos levam a humanidade a todo tipo de perversão moral sexual por meio de possessão ou influencia maligna, gerando ideais e pensamentos na mente dos homens que amam o pecado.

Arrependimento existe, conheço ex-homossexuais que foram libertos destas práticas e atualmente são homens casados, gerando filhos e vivendo de forma natural; os mesmos confessam que eram possuídos por tais espíritos, que os levavam a prazeres nestas orgias e práticas antinaturais e diabólicas, tal qual acontece com mulheres que viviam em prostituições, mas que também foram transformadas e libertas do pecado pelo poder de Deus.

Waldir Alves

5 comentários:

Josué Santos disse...

Boa tarde. Texto interessante. Faço estudos de Genesis 6 e corroboro com o entendimento do autor. Incluo Isaías 26:14 - Morrendo eles, não tornarão a viver; falecendo, não ressuscitarão; por isso os visitaste e destruíste, e apagaste toda a sua memória. - que, segundo li em um fórum da comunidade judaica sobre o tema, se refere a esses mesmos seres, pois são os únicos que não ressuscitarão no dia do juízo. Com relação à citação: " Para os que vivem perguntando sobre os ossos daqueles seres “gigantes”, eles estão guardados como provas e serão usadas no dia do juízo", essa afirmação pode ter alguma pista ou referência na biblia (ARC)ou é interpretação do autor? Obrigado e parabéns pelo texto.

Josué Santos disse...

Visite também meu blog. Tenho material interessante sobre os Nefilins! josuegoncalves.blogspot.com
http://josuegoncalves.blogspot.com.br/2011/02/nefilins-anakins-gigantes-do-mundo.html

Rianderson Soares disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rianderson Soares disse...


Irmao o que dizer então sobre a afirmação de Jesus em Mateus 22:29;30 se tal afirmação de Cristo aquele que vive na esfera celestial e conhecedor de tudo, diz estas afirmações sobre os anjos como podemos afirmar que tais seres poderam manter relações sexuais com humanos?

Rianderson Soares disse...


Irmao o que dizer então sobre a afirmação de Jesus em Mateus 22:29;30 se tal afirmação de Cristo aquele que vive na esfera celestial e conhecedor de tudo, diz estas afirmações sobre os anjos como podemos afirmar que tais seres poderam manter relações sexuais com humanos?